---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Secretaria de Saúde no combate da febre amarela

Publicado em 02/06/2009 às 00:00 - Atualizado em 05/02/2014 às 16:28

 

Zortéa - A secretaria de saúde recebeu na semana passada a visita de duas responsáveis pela Vigilância Epidemiológica para orientar os profissionais da saúde, conjuntamente com a vigilância sanitária, CIDASC, diretoria de agricultura, agentes de saúde e lideres das comunidades do interior para o monitoramento da Febre Amarela principalmente nas comunidades rurais.

 A febre amarela é uma doença febril aguda, de curta duração (no máximo 12 dias) e de gravidade variável. A forma grave caracteriza-se clinicamente por manifestações de insuficiência hepática e renal, que podem levar à morte. Deve-se levar em conta seu potencial de disseminação em áreas urbanas. Na doença urbana, o homem é o único transmissor, na forma silvestre, os primatas (macacos) são os principais transmissores do vírus amarílico e o homem é um hospedeiro acidental.

As responsáveis pela vacinação no município, juntamente com a equipe de agentes de saúde do PSF estão visitando as comunidades do interior para a intensificação da vacina, que tem por objetivo manter erradicada a febre amarela urbana e controlar a silvestre.

Qualquer suspeita de febre amarela deve ser notificada e imediatamente investigada o mais rapidamente possível, visando mapeamento das áreas de transmissão e identificação de populações de risco para prevenção e controle.


Galeria de Imagens

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Galeria de Arquivos